Pages

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

My hair....


Sim... essa sou eu! o que estou fazendo de costas? bem... isso é para mostrar que consegui dar um jeito no meu cabelo hoje! deixei ele liso... rsrs faço escova sempre e você mulher sabe a dificuldade que estou falando... sabe o que é estar se sentindo bonita e feliz com o cabelo e estar sentindo que não foi dessa vez... Então... mas hoje eu consegui deixar como eu gostaria mesmo! Lógico que ... sempre tem um mas... não é como uma escova que a gente faz num cabeleireiro, mas por conta da experiência não muito feliz na última vez que estive num cabeleireiro,para quem não leu clique neste link a seguir para saber Minha ida ao CabeleireiroSendo assim, estou numa experiência louca, solitária aqui...rs mas vou vou conseguir melhorar mais e mais... Conselho para meninas de cabelos ondulados, cheios e que gostam de cabelos longos e lisos,não deixem seu cabeleireiro ou seja quem for, cortar as pontas dos cabelos fazendo um "repicadinho pra ficar bunitinho"...aff...ISSO ACAAAAABA com o cabelo!! entendem? no meu infelizmente foi feito isso e eu estou aqui deixando ele crescer sem pensar na existência de uma tesoura... e chegando no ponto que eu quero, farei um corte reto... e assim que eu gosto e consigo manusear melhor. E pra quem acha que mulher com mais de 40 não deve ter cabelo longo... rs.... só tenho a dizer que LAMENTO! rsrs... você envelhecerá mais rápido meu bem...é verdade.. eu sinto que quanto mais o tempo passa melhor estou, mais UP fico... o mental é tudo! mas não vou discorrer sobre esse tema.. porque afinal aqui estou falando de cabelo, ok?
Deixo para os próximos posts... ok? humm ok..rs

Kisses... bye... bye

Eli



Um blog onde se fala de tudo...

Meu outro Blog

Meu outro Blog
Conexão Mística

Curta a minha página ELTON JOHN FOREVER!!! no Facebook

Discordância sexual ou diversidade emocional?

Discordância sexual ou diversidade emocional?
Não necessariamente nesta ordem...

Minha verdade

Photobucket O veneno da minha verdade... escorre pela minha alma como um ácido... me fazendo prisioneira dos meus sentimentos... das suas verdades... morrendo a cada dia pela incerteza de uma salvação... O veneno da minha verdade escorrendo... sempre... sempre... Dor infinita... no meu coração! Eli