Pages

domingo, 10 de outubro de 2010

Amor... meu grande sapo!

To cansada... cansei de ficar naquele site lá de relacionamento, de ficar começando papo com pessoas, assim é cansativo começar tudo de novo sempre!! Estou a espera... que o sapo se transforme... por enquanto, to com medo, receios de mim, da vida.
Estou aprendendo que a mulher, que não casa ou que se separa, seja qual for a razão mas que esteja só... sempre ficará a espera, na expectativa que o príncipe apareça... mas por outro lado, quanto mais velhas ficamos mais seletivas ficamos, não é qualquer situação, qualquer pessoa que vai nos despertar um insight! Se a gente quiser... os sapos estão por ai... mas existe sempre o sapo ... aquele, justamente aquele, que é o mais largado, que não olha, não chega perto... da um sorrisinho se a gente faz um carinho... mas volta pro seu lago e fica la coachando.. coachando... sabe-se lá! rs
Este ano, esta sendo um grande aprendizado pra mim, justamente por conta de tantas dificuldades acontecidas desde fevereiro... mas agora percebi que isso tudo é um processo que tenho que passar para amadurecer, ser mais seletiva ainda em minha vida. Cheguei a uma conclusão mais decisiva a pouco tempo que  para morar junto com alguém, para casar tem que gostar DEMAIS... além da imaginação. Lógico que quero um amor... como diz Frejat: "Eu quero um amor que seja bom pra mim" e é isso... eu quero e muito.... mas prezo minha liberdade de ir, vir, ser, fazer.... as vezes com alguém do lado que sinta como nós, tudo fique mais leve... por enquanto não esta tudo tão leve assim...
Vou deixar a letra de uma música aqui que diz algo que sinto:

Amor, meu grande amor
Não chegue na hora marcada
Assim como as canções
Como as paixões
E as palavras...

Me veja nos seus olhos
Na minha cara lavada
Me venha sem saber
Se sou fogo
Ou se sou água...

Amor, meu grande amor
Me chegue assim
Bem de repente
Sem nome ou sobrenome
Sem sentir
O que não sente...

Pois tudo o que ofereço
É, meu calor, meu endereço
A vida do teu filho
Desde o fim, até o começo...

Amor, meu grande amor
Só dure o tempo que mereça
E quando me quiser
Que seja de qualquer maneira...

Enquanto me tiver
Que eu seja
O último e o primeiro
E quando eu te encontrar
Meu grande amor
Me reconheça...

Pois tudo que ofereço
É, meu calor, meu endereço
A vida do teu filho
Desde o fim até o começo...

Amor, meu grande amor
Que eu seja
O último e o primeiro
E quando eu te encontrar
Meu grande amor
Por favor, me reconheça...

Pois tudo que ofereço
É, meu calor, meu endereço
A vida do teu filho
Desde o fim até o começo

Amor, meu grande amor
BARÃO VERMELHO
autoria: Angela Ro Ro e Ana Terra

 kisses...bye... boy and girls....

Eli 

Um blog onde se fala de tudo...

Meu outro Blog

Meu outro Blog
Conexão Mística

Curta a minha página ELTON JOHN FOREVER!!! no Facebook

Discordância sexual ou diversidade emocional?

Discordância sexual ou diversidade emocional?
Não necessariamente nesta ordem...

Minha verdade

Photobucket O veneno da minha verdade... escorre pela minha alma como um ácido... me fazendo prisioneira dos meus sentimentos... das suas verdades... morrendo a cada dia pela incerteza de uma salvação... O veneno da minha verdade escorrendo... sempre... sempre... Dor infinita... no meu coração! Eli