Pages

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

I love me... yeah!


Existe algo que aprendi depois de muitas cabeçadas pela vida... Quando conhecemos um homem, quando eu falo aqui conhecemos, meus amigos, não estou focando namorado, marido... conhecemos homens de várias categorias rs...homens só para ficar, só para beijar, só para transar e para todas as opções anteriores... ok ok... cada um pensa como quiser sei... maridos, amantes, ficantes... mas seja quem for que estiver em sua vida... nunca se coloque em segundo lugar!! Se amar, se colocar em primeiro lugar acima de tudo sempre, isso deixará você mais segura de si e fora que tem mesmo que ser dessa forma! Atualmente, a mulher tem que trabalhar, tem que ser dona da sua própria vida, ter uma vida profissional latente. E dizem que nós mulheres,  digamos que... assim mais vividas, seguras de si, assustamos os homens... bá!!  Mas que homem é esse que vai se assustar com uma mulher que se cuida, que se ama, que vive no século 21?! Geeente.... no meu conceito... se um homem for inteligente, pode-se dizer moderno, atualizado de verdade, vai querer mesmo é que sua companheira, que a mulher que faz parte de sua vida em algum momento, seja interessante... e não morna...sim... porque se pararmos, acabamos tendo uma vida sem graça, sem expectativa, sem encanto e o que esperar disso? ficar em casa esperando a vida acabar?? NUNCA! portanto amigas... UP UP UP... rsrs vamos nos amar e amá-los também.... e não esquecendo... que temos todas as armas... rs e a vida não é para ser levada tão a sério assim... senão perde o encanto...  senso de humor é fundamental para o amor, para nossa vida... ok?

kisses... bye...bye

Eli


Um blog onde se fala de tudo...

Meu outro Blog

Meu outro Blog
Conexão Mística

Curta a minha página ELTON JOHN FOREVER!!! no Facebook

Discordância sexual ou diversidade emocional?

Discordância sexual ou diversidade emocional?
Não necessariamente nesta ordem...

Minha verdade

Photobucket O veneno da minha verdade... escorre pela minha alma como um ácido... me fazendo prisioneira dos meus sentimentos... das suas verdades... morrendo a cada dia pela incerteza de uma salvação... O veneno da minha verdade escorrendo... sempre... sempre... Dor infinita... no meu coração! Eli