Pages

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Come down in time


Come down in Time

Nos segundos silenciosos eu desliguei a luz
E saí pra te encontrar na meia luz que a lua deixou
Enquanto um grupo de chiados noturnos cantavam canções fora do tom
Um manto de luz brilhante irradiava de um quarto
Venha a tempo, eu ainda a ouço dizer
Tão claro em meus ouvidos, como se fosse hoje
Venha a tempo, foi a mensagem que ela me deu
Venha a tempo e vou te encontrar no meio do caminho
Bem, não sei se eu deveria tê-la ouvido
Mas um amor verdadeiro como o dela é um amor difícil de encontrar
E já percorri quase todo o caminho e não ouvi seu chamado
E estou começando a duvidar se ela vem mesmo
Venha a tempo, eu ainda a ouço dizer
Tão claro em meus ouvidos, como se fosse hoje
Venha a tempo, foi a mensagem que ela me deu
Venha a tempo e vou te encontrar no meio do caminho
Há mulheres e mulheres, e algumas o abraçam com força
Enquanto outras o abandonam contando as estrelas da noite

Tradução da Música: Come down in time
Elton John
Letra: Bernie Taupin
 
Para mim essa é uma das músicas e das letras mais lindas que já ouvi em minha vida, pois tudo que fala de amor, expressa alguma forma de amar... seja correspondido ou não... se torna poético e não existe ninguém que não goste e não se identifique. Porque em algum momento em sua vida, você já viveu algo semelhante ou pode estar vivendo também... ame sempre na vida... abra seu coração e seja feliz, pois a vida é curta! Assim que eu penso, que sinto... não espere o tempo passar... viva!
 
Eli


Um blog onde se fala de tudo...

Meu outro Blog

Meu outro Blog
Conexão Mística

Curta a minha página ELTON JOHN FOREVER!!! no Facebook

Discordância sexual ou diversidade emocional?

Discordância sexual ou diversidade emocional?
Não necessariamente nesta ordem...

Minha verdade

Photobucket O veneno da minha verdade... escorre pela minha alma como um ácido... me fazendo prisioneira dos meus sentimentos... das suas verdades... morrendo a cada dia pela incerteza de uma salvação... O veneno da minha verdade escorrendo... sempre... sempre... Dor infinita... no meu coração! Eli