Pages

domingo, 2 de dezembro de 2012

A arte de racionalizar o bem


Se todas as pessoas parassem para pensar nas lições que aprenderam na vida através de suas boas e más experiências, com acontecimentos ou vivências com pessoas diretamente em suas vidas, talvez o mundo fosse um pouco melhor.
Acredito que racionalizar situações nos dá forma aos pensamentos, as idéias que foram concebidas e a percepção disso, nos motivaria a melhorar, procurar realmente compreender o porque nem tudo acontece do jeito que queremos, que pensamos, que sonhamos.Nos faria perceber inclusive nossas próprias maldades... sim... por que nós, seres humanos, não somos um animal do bem total e absoluto, porque usamos a nossa razão para o mal e na maioria das vezes, alguns não agem por instinto e sim na maldade.
Eu vejo o mundo de hoje, com muitos excessos, tudo muito "OVER". Não, ninguém tem culpa direta de tudo isso, mas acho que vivemos num momento onde temos a obrigação de nos mover, de caminhar, de expressar o bem, tirar o ódio de nossas mentes, viver sem preconceitos, sem idéias pré-concebidas, independente de vivê-las ou não.
Sendo racionais, somos inteligentes então por que não usarmos essa inteligência para o bem? Sermos racionais do bem... e assim a energia que nos move na vida começaria a se transformar em algo leve e bom para se viver, mesmo com as nossas diferenças... isso não tem como elas existem!
Eu ainda acredito na salvação do ser humano! Vamos fazer o bem, mentalizar positivo e fazer o bem ao próximo... 
Não precisamos unir multidões, basta começar a mudar você mesmo em sua casa e verá que as portas começarão a abrir, tudo irá fluir... E só posso afirmar o título deste post: "A arte de racionalizar o bem"
queira que conseguirá sim!

Kisses... bye... bye

Eli


terça-feira, 27 de novembro de 2012

Anos 80

Estava pensando, me sinto privilegiada por ter vivido e CURTIDO os anos 80! Era jovem, entrando na maturidade, então vive realmente essa década saindo muito, dançando muito, vivenciando de verdade, através das roupas também, que sempre disseram ser brega e tal, mas e daí? Era a ocasião, era a época e foi nesta época que assisti grandes shows, vi o início de grandes nomes como Madonna, Duran Duran (fez um sucesso louco!), The Police(Sting), U2 começando praticamente... e hoje vivemos grandes momentos de vida em nostalgia... Me perdoem quem gosta, mas não se compara sucesso de Madonna com essa Lady Gaga...  Ok.. pode ser que eu esteja parada no tempo, pode ser que eu viva somente de nostalgias, mas me sinto absolutamente feliz por ter vivenciado tantos momentos maravilhosos que não se comparam a nada que existe nos dias de hoje... Acredito e sinto que nasci, como muitos, numa época de ouro, apesar de ser um mundo engatinhando, era saudável, era inovador, as descobertas realmente existiam e não eram cópias de algo acontecido (quero dizer a vida!). Estou fazendo de tudo para não dizer que era Mágico rs mas era... anos 60 eu nasci, mas não posso dizer como vivencia, anos 70 comecei a despertar e ver cores...e assim não vi somente cores, vi brilhos...Jovem Guarda, Wanderléa, Roberto Carlos... e isso eu me recordo bem, apesar de ser criança, mas eu tive duas bonecas que dei o nome de Wanderlea e cantava também para minha família:
- Por faaavooor... PARE agooraa!!! rs
E assim fui crescendo e ouvindo, Elvis, Beatles e despertei para o Elton John, que era o glamour, o charme, todas as cores, os brilhos, os exageros, tudo que meus olhos gostavam de ver, meu coração se encantou com música, voz, cores, etc... e assim segui... e os anos 80 chegaram!
Eu não consigo olhar minha vida, fazer um retrospecto de minha vida sem que haja a música em seu caminho. Todas as histórias de minha vida, tem música... então o que dizer dos anos 80 nisso tudo?
Foi o despertar da realização para um novo mundo!
Música = alegria = brilho = cores = anos 80 = VIDA
Hoje nossos ídolos estão mais velhos, mas ainda possuem e trazem o glamour e charme de toda uma história de décadas... 
Como diz na música Como nossos Pais
- Nossos ídolos ainda são os mesmos!!!
Me orgulho, me sinto feliz e agradecida por ter visto e vivido tantas coisas legais, que hoje são somente cópias exageradas, exaustivas de uma beleza pura e absoluta!

kisses... bye... bye

Eli

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Barbies são lindas!


Sim, é uma Barbie... é a da coleção Fashionistas, morena e o nome dela é Raquelle! Não é linda? bem... eu acho...
Na minha época, a boneca que fazia sucesso, fashion, linda era a Susie!Tive 3 Susies, as tres lindas, uma delas era morena, a Susie Bahiana. Na época, isso nos anos 70, a Susie era muito linda, não é como essa Susie atual, que eu em particular, acho sem graça, sem brilho... Ela perdeu o encanto e a beleza que tinha. A Barbie veio de fora e tomou conta do espaço de todas elas... e quem vai competir com Barbie? difícil... 
Eu li a pouco tempo, sobre as bonecas Bratz. Essas são da coleção Bratz Catz:
E as bonecas Bratz estavam ganhando no comércio das bonecas e tal, mas por fim, perderam para Barbie. Mas não vou entrar nesta questão aqui porque não tenho interesse algum... e o fato é que todas elas são lindas!
A Susie, antigamente, tinha olhinho de vidro, muito lindo... hoje ficou diferente... o Fato é que as Barbies, são encantadoras... eu confesso que ADORO! e confesso mais ainda aqui ... tenho uma morena, que é igual a foto que postei de início e estou aguardando um loira.
Será que vou ser uma colecionadora de Barbies? rsrs não rs... não tenho essa intenção, mas não vou dizer que não curto... amo bonecas, principalmente essas com um visual fashion!
Para quem curte também, atualmente tem uma coleção da Mattel das Monster High, procurem na internet, acho tão lindinhas e interessantes quanto as Bratz... agora preciso comprar um suporte para bonecas, as Barbies não vendem mais suportes, as hastes nas lojas, deixaram de fabricar, então é algo para comprar no site do Mercado Livre.
Quero em breve, comprar uma Barbie da cantora/atriz Cher... é importada, essas bonecas importadas são carinhas, mas os detalhes, as perfeições falam por si... muito charmosas, bem feitas, bem caracterizadas. 
Essa é a minha Barbie, não esta com a roupa original, como acima, mas é muito charmosinha... é isso ai 

kisses... bye... bye

Eli

Marcando presença sempre!


olá a quanto tempo hein? 
Sabem, esse ano de 2012 passei por várias fases, vários conflitos comigo mesma e neste conflito de vida, emocional, eu pensei várias vezes em deletar o meu blog... Sei que isso é chato de ser comentado com vocês aqui que de uma certa forma sempre leem, ou até estão entrando pela primeira vez... Mas é fato  e como sempre discorri aqui sobre meus pensamentos, minhas dúvidas, minha vida acho que é natural este comentário neste momento. 
Mas eu aprendi a duras penas, com a própria vida mesmo, que não devemos fazer ou falar algumas coisas em momentos específicos, em resumo é importante ser comedida, não agir por um sentimento de ansiedade, emocional. Portanto devemos ser flexíveis com a vida, com a gente mesmo, se questionando antes de alguma resolução.
Resumindo, não acho justo, não só com alguns leitores, mas não é justo comigo mesma, destroçar, despedaçar pensamentos, vivências, momentos que são sadios, nos fizeram feliz e de alguma forma nos trazem um chão, nos mostram o chão que percorremos, o que plantamos, o que colhemos, não importa se é muito ou não, isso realmente não importa, o que deve-se relevar é a questão da qualidade e o aprendizado. E isso tudo foi feito por mim, percorri essa estrada, esse caminho e adorei fazer o Monólogo da Eli, independente de críticas negativas ou não... as negativas apenas nos mostram que de alguma forma incomodamos rs e isso é  ótimo, porque é sinal que existe um trabalho de fato!
Repensando dessa forma, decidamente jamais vou  finalizar meu trabalho, meu blog Monólogo da Eli, porqu e faz parte de mim, é uma parte de minha vida isso... e não podemos destroçar nossas vidas, isso causa dor, ferida e arrependimento que ficam marcados na alma...existe coisa pior? 
Portanto, estou sempre aqui, sempre estive, sempre li e leio tudo que vocês escrevem para mim e AMO receber seus emails, comentários... 
No momento é isso ai... estou aqui... e novidades em breve...

kisses... bye... bye my dears

Eli

domingo, 26 de agosto de 2012

Simplesmente... Amor


Como definir o amor?
Não... amor não se define
Amor... é para se sentir apenas
Não tem um corpo...
Não tem forma...
Não tem lado...
Amor, simplesmente existe em sua essência divina
Amor não carece de grandes explicações...
pois não é uma razão...
é uma emoção...
A mais pura, a mais sincera...
Como definir o amor?
Troca de energia entre duas pessoas...
Não se ama sozinha...
Amor é mais que uma paixão...
Não corroe dentro do peito... 
Não machuca...pois é recíproco...
Sereno como o luar...
Vibrante como a luz do sol...
Pode se afirmar que é um sentimento
que todos tem...
mas nem todos sentem...
Feliz aqueles que amam...
Eu sou uma mulher feliz!

Eli



domingo, 12 de agosto de 2012

Para meu Pai

Como posso descrever a saudade que sinto de meu pai?
Se disser que sinto tristeza, estarei mentindo... sinto uma mistura de amor, carinho, lembranças e saudade...
Não existe amor igual, pois é incondicional... vem do sangue, dna, do encontro de nossas almas...
Quantas vezes vejo meu pai em mim, pelo meu jeito de rir, de falar, de balançar minha perna... ai de repente eu paro e penso... poxa... mas isso meu pai fazia também!
Sinto falta de nossas conversas, sinto falta dos filmes que vimos juntos, sinto falta até das olimpíadas que assistimos juntos...
Como posso descrever a saudade que sinto de meu pai?
Em apenas algumas linhas e tomando cuidado para não mais me estender... pois as lágrimas escorrem não só no meu rosto, mas no meu coração... 
Mas olha só pai... um dia a gente vai se abraçar novamente e qualquer sentimento não resolvido estará esquecido, pois o amor está acima de qualquer coisa... 
Pai, não estou triste, apenas sinto sua falta em alguns momentos de minha vida...
Fique na luz de Deus...
Fique na paz...
Eu te amo! 
beijo...pai



Eliane

domingo, 8 de julho de 2012

VERY SAD


LIFE SAD...
HEART SAD...
SOUL SAD...
EYES SAD...
WITHOUT YOU...
I CRY....
I WANT... 
I NEED...
I LOVE...
YOU!

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Ritual de uma mulher!




Ainda é quarta-feira!!! Mas pois bem, levantei, fiz tudo o ritual da manhã
como sempre... 
ritual = despertar, acordar, dormir mais cinco minutos... e mais cinco...
colocar o chinelo, ir ao banheiro, olhar para seu rosto no espelho e pensar
DEUS ME AJUDE E ME TRANSFORME!, fazer necessidades básicas que todo ser humano higiênico faz, correr para o guarda-roupa, vestir a roupa que estava pensando...tirar a roupa porque ficou péssima! olhar para o relógio e perceber o tempo passando... passando... e pegar outra blusa e Meu Deus!!! precisava passar a ferro... e cadê o tempo? xiii foi-se... e assim acabo vestindo aquilo que não estava nos meus planos do dia! E agora tem também os acessórios... lógico!!! Toda mulher vaidosa perde um tempinho nessa escolha... e tem que ser feita com cuidado, bom gosto, porque um pequeno erro pode destruir a imagem de uma mulher...rs é isso mesmo, penso assim! E perco um tempo porque não sou uma pessoa básica no quesito acessórios! Por mais que tenha muita variedade de pulseiras, anéis, colares, etc parecem que se tornam poucos e repetitivos com o tempo, coisas de mulher... ou pessoa vaidosa consumista, como queiram!
Escolhido o modelito do dia etc e tal...existe a maquiagem!! é isso mesmo! Eu não consigo sair de minha casa sem um batom, um corretivo e um pó básico... adoro sombras também! Uso com frequência, mas são substituíveis num momento urgente por um rímel... quero dizer que o importante é dar um toque diferente no visual, é isso!Se olhar no espelho e sentir que está legal assim, algo mais intenso que nos torna uma mulher mais charmosa também! 
Os cabelos uma boa escovada ou se a situação estiver muito crítica, muito ondulado, arrepiado, etc..rs uma pomada, um creminho... ou uns minutinhos a mais no secador... 
Mas então... é ou não é ou não é um ritual? isso é algo que faço em meia hora ou mais... 
Bem, agora é conservar o melhor que puder até o final do dia... ufa!
Eu amo ser mulher!

kisses... bye... bye

Eli

domingo, 24 de junho de 2012

Faz de conta que sou o que não sou ...


Você costuma viver no mundo do Faz de Conta que...? Vejo que a maioria das pessoas se encarregam de enganar não só aos outros mas a si próprias, criando fantasias, ilusões que não fazem parte de sua vida, de sua personalidade.
Entendo que a necessidade de aceitação do outro nos remete a ilusões contraditórias sobre o que sentimos, sobre o que somos e como nos comportamos frente as outras pessoas.
Ser autentica é uma coisa, mas fazer de conta que é uma personagem para que as pessoas olhem de uma forma mais simpática é bem diferente.
Não estou criticando comportamento de pessoas, mas sim a forma de se posicionar na sociedade. Infelizmente, somos assim muitas vezes, entendo que seja uma forma de defesa inconsciente em algumas ocasiões...
Ser autentica é assumir os seus sentimentos... não fazer de conta que é isso, que sente aquilo etc e tal...para que isso não seja um veneno para si própria, não é mesmo?

kisses... bye... bye

Eli



segunda-feira, 4 de junho de 2012

Meu aprendizado no meio profissional

Durante a minha vida profissional, apesar de não ter tido um foco, uma
direção adequada, pelo fato de não finalizar faculdade, ser mimada
demais, sem ter a consciência que um dia o tempo passa... todas essas
coisas, bla, bla, blás e tititis... eu tive aprendizados que posso
considerar básico importante quando se trabalha. Posso dizer que é o
básico do básico mesmo... mas dentro do meu entendimento, faz parte da
educação também e não apenas da vida profissional. Por exemplo:
- Quando trabalha-se em um empresa onde somos obrigados a transitar
entre um departamento e outro... não esqueçam, levem a SUA caneta
junto de vocë!!! Pode parecer besteira... mas não é! A gente esta no
ambiente de trabalho e é óbvio que precisará em algum momento de uma
caneta e não existe coisa mais chata, desagradável do que ficar
pedindo caneta emprestada para um, para outro, mas não pelo fato de
não gostar das pessoas! Não é isso... e sim porque os seus colegas de
trabalho também precisam dessa caneta! Não é bobeira, não é supérfluo
isso, é uma regra básica de trabalho. Eu aprendi isso... e outro
detalhe... quando devolver a caneta, NÃO TAMPE!!! use-a, se for o caso
e devolva do jeito que ela veio em suas mãos.
Eu nunca mais esqueci, quando tinha uns 20 e poucos anos e trabalhava
em um Banco renomado na época, eu fiz tudo errado, peguei a caneta do
chefe dos chefes e a devolvi tampada. Bem... ele apenas disse: - Vocë
tampou a caneta...
Isso foi o suficiente para eu perceber, sentir o momento stress! rs,
mas hoje eu acho que ele estava certíssimo! Eu nunca mais esqueci.
Lógico que nem tudo é uma regra, mas é bom tentar melhorar sempre.
Outro detalhe que me incomoda:
- Quando estiver andando entre um departamento e outro não fique
cantando, assobiando, rindo ou falando muito alto... bem.... ai vocë
vai me falar... ah mas eu faço sempre isso e é normal, não tem
problema! Entendo... existem empresas, locais que as pessoas ficam a
vontade, mas nem todos os lugares são assim. Sempre terá algum chefe
que irá ou poderá olhar com estranheza.
Portanto, para que procurar problema, se podemos evitá-los apenas
sendo comedida, educada e com uma percepção mais aguçada.Isso tudo não
deve ser uma regra na verdade, mas digamos que são pequenos cuidados
que não é nenhum sacrifício.
Educação é base de tudo, nem todos os olhares serão os mesmos para
você, sempre haverá um olhar de crítica, portanto faça tudo direitinho
e a diversão pode ser direcionada em outros focos, que no dia a dia a
gente descobre.

Kisses... bye... bye

Eli




sábado, 26 de maio de 2012

O dilema da pipoca doce


Até que enfim chegou o sábado, ufa.... final de semana sempre é bem-vindo! Dormi durante quase 12 horas... foi bastante, mas necessitava esse descanso. Por fim sai hoje a tarde para me encontrar com o meu namorado digamos que leve, andando com mais facilidade, mais rápido! Nossa isso será porque estou ficando velha? não .... estou cansada mesmo! Não foi uma semana fácil... mas o que tem isso tudo a ver com essa pipoca doce? ok eu digo.... nada a ver...rs... mas como sempre necessito fazer um relato.
Estava, hoje a noite voltando da casa de meu namorado, extremamente bem, assim de boa mesmo e saboreando uma pipoca doce que ele comprou para mim. Fazia muito tempo que não comia pipoca doce e feita pelos pipoqueiros são bem melhores... Pode até ser que seja psicológico o fato de ser do pipoqueiro a melhor... mas é diferente, não tem como! eu pelo menos acho.
Mas enfim, estou eu saboreando minha pipoca sentada no metrô e sentou ao meu lado uma criança... e olhava... olhava... olhava... eu fiquei pensando.. e agora? sei que você leitor(a) deve pensar.... a Eli deu a pipoca para a criança....  mas gente... a MINHA criança interior no dia de hoje estava extremamente e esta ainda extremamente latente e naquele momento gulosa pra caramba e egoísta também. Poxa, sei que não é certo, mas não estava afim de dar minha pipoca, não estava afim de oferecer porque senão ia ter que rolar um lance de sociabilidade que não estava afim. Isso não é certo? aahh sei lá... talvez seja, talvez não seja, mas confesso que me deixa com um pouco de peso de consciência... mas aquele momento era eu e uma pipoca dos Deuses!!!! sei que estou sendo mesquinha, egoísta.... sei... estou aqui confessando, liberando isso... não costumo fazer assim... mas fiz o que tive vontade. 
E a situação estava cada vez pior, porque como se não bastasse essa menina... um pai sentou com sua filha nenem  na minha frente e lógico que os olhos da nenem foram direto na pipoca doce.... isso me incomodou muito... mas essa agora era nenem e como ela ia comer pipoca?  nenem come pipoca? rsrs eu  realmente não sei....rs...  E ai eu pensei....não ofereci para a menina do lado, agora a nenem na minha frente e assim como não sabia se a nenem comia ou não... eu fechei o saquinho da pipoca... e assim acabou tudo, inclusive minha curtição, minha criança interior ficou brava e foi-se...rsrs 
Como saber o que é certo ou não? as vezes eu não sei... acho que deveria ter sido simpática e tal... mas não fui, não sou ou não estava afim.... Bem... agora vocês me dão licencinha.... porque tem uns beijinhos me esperando e não vou mais resistir...rs

Kisses... bye... bye... crianças!!!

Eli

domingo, 20 de maio de 2012

Donna Summer


Inacreditavelmente perdemos Donna Summer! Inesperadamente... e assim mais uma estrela de grande brilho se apagou na terra! 
Donna Summer embalou nossas vidas ao som de suas incríveis músicas discos e com uma voz de dar inveja, de deixar qualquer um boqueaberto... que voz!
Eu sou uma fã de Donna Summer, posso dizer que ela fez parte de uma passagem mágica de minha vida, isso no final dos anos 70, início dos anos 80. Posso afirmar categoricamente que não existia UMA SÓ PESSOA que ficasse sentada ao som da voz, da música de Donna! Tudo se transformava, era incrível, é uma saudade eterna de minha vida.... Quem é de São Paulo, tem seus 40 e poucos anos, teve oportunidade de ir na discoteca Aquarius, no bairro da Bela Vista, nos áureos tempos... e Donna Summer fazia parte de nossas vidas... a abertura era ao som dela.... e isso fazia toda a diferença!
Donna Summer não era apenas uma cantora disco, sua voz era tão potente, tão fantástica que qualquer música que ela cantasse seria e foi inesquecível!
Hoje, os mais novos gostam, conhecem, mas não viveram exatamente o que eu e algumas pessoas vivemos ao som dela no auge de sua carreira... era demais!!
O mundo perdeu uma estrela, uma Diva de maior grandeza na música, os sonhadores, os amantes, os apaixonados em todos os sentidos sentirão saudades dessa Diva! Me sinto privilegiada por ter visto seu show em 2009 aqui em São Paulo... e isso levarei para sempre com respeito, saudade e orgulho!
Perdemos uma Diva, uma grande estrela e o céu ficou mais iluminado com a sua luz e sua força! 
Saudade eterna de uma fã...

Eliane

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Bons pensamentos sempre!


Acredite no seu poder...

Acredite na magia da vida...

A vida nos retorna de acordo com a nossa necessidade

de acordo com o que focamos em nossos pensamentos....

Gere alegria, bons pensamentos...

Idealize, sinta o que você quer...

Visualize o seu desejo como se já estivesse acontecendo...

O sentir no presente...

Traga essa energia ao seu presente,...

Assim o universo trará essas boas energias até você...

Seja feliz!

Ame e se ame!


Eli


sábado, 12 de maio de 2012

Relacionamentos... são amores ou paixões?


Hello World!!! Estou agora pensando sobre amor, paixão, relacionamento.... acabei de ler um texto sobre a definição, indireta, de uma pessoa que vive só e não somente só... mas triste! E sendo assim, comecei a refletir sobre nossos sentimentos, relacionamentos, o que é bom ou ruim? O que é considerado definitivamente um sonho, felicidade para uma pessoa? 
Isso tudo depende muito da vivência de cada um, do que VOCÊ quer viver na sua vida! Se você decidiu viver um amor, com certeza você encontrará esse amor e ele se transformará com o tempo e nascerá um relacionamento, uma convivência de forma sincera, aberta e como vocês irão moldar. Isso é um relacionamento saudável... 
Mas se você decidiu viver uma paixão arrebatadora... espere, porque ela virá... e será arrebatadora... e transformará radicalmente tudo em sua volta e dentro de você. Já vivi uma grande paixão, lá pelos meus 20 anos...e confundimos com amor, mas pode-se dizer que é um amor exagerado, extrapolador... é fantástico viver isso, mas acaba...e machuca muito nossa alma.
Existem casos e casos.... entendo... existem paixões que deram certo e se transformaram em amor e um bom relacionamento... existem amores que deram certo e se transformaram num relacionamento.
O fato é que se você não compreender que seu/sua companheiro/a é um ser com defeitos e qualidades, assim como você e que existem defeitos que não será possível reverter... então sente, encoste ou deite na cama e espere o príncipe chegar ou a princesa perder o sapatinho de cristal... e assim a vida passará e quando se der conta, o tempo passou demais.
Eu penso e sinto dessa forma, eu vivo um relacionamento, posso dizer assim, com respeito dos limites de cada um e assim se vive um amor/relacionamento e vice-versa. Não sou a dona da verdade....certo? mas pensem um pouco nisso...

kisses... bye.... bye

Eli


terça-feira, 1 de maio de 2012

Eu voltei!

Estou por aqui... indo na estrada da vida, caminhando entre lágrimas e risos. Pois é, não esqueci do meu Blog não, não deixei o meu espaço... apenas parei um tempo, por imposição da própria vida! 
Lógico que não é nada que possa ser tão diferente do que acontece na vida das pessoas, mas situações, momentos, estilos de vida faz com que a gente mude o foco, mude o caminho, tente caminhar diferente até que as coisas comecem a se equilibrar... mais ou menos assim.
Então, estou na trilha da vida, no caminho que minha alma escolheu... mas só agora consegui, pude ter consciência dessa realidade de forma tranquila, madura, esperançosa.
Ok... então chega de nhem nhem nhem... e sigamos juntos...de coração aberto, felizes e sempre... sempre visando o bem, pensando no bem. 
Bem.... só pra não perder o costume...

kisses... bye... bye....

Eli

Um blog onde se fala de tudo...

Meu outro Blog

Meu outro Blog
Conexão Mística

Curta a minha página ELTON JOHN FOREVER!!! no Facebook

Discordância sexual ou diversidade emocional?

Discordância sexual ou diversidade emocional?
Não necessariamente nesta ordem...

Minha verdade

Photobucket O veneno da minha verdade... escorre pela minha alma como um ácido... me fazendo prisioneira dos meus sentimentos... das suas verdades... morrendo a cada dia pela incerteza de uma salvação... O veneno da minha verdade escorrendo... sempre... sempre... Dor infinita... no meu coração! Eli