Pages

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Eu SoU eU...o ReStO é ReStO e ViVa Eu!


A maioria das pessoas se comportam assim... em torno de seu próprio umbigo e va lá vai... as vezes nem consegue enxergá-lo... mas está lá... no Viva Eu!!! Bem...eu sou a primeira a considerar o fato que devemos nos amar em primeiro lugar, depois fazemos o que nos compete ou aquilo que for prioridade em nossas vidas. Não condeno o amar a si próprio... mas apenas quero dar um destaque maior ao egoísmo! E muitas vezes caimos em nossa própria armadilha.
A maioria dos seres são absolutamente desprovidos desse tipo preocupação com o todo, essa é uma realidade... tentamos ser legais, boas pessoas e somos!! Mas a própria vida nos dá o golpe e caimos, como já disse,  em nossa própria armadilha.
Vivo mas nunca aprendo e seu sou assim, todos nós somos. Melhoramos nossa personalidade, nosso jeito de lidar com o próximo, com os fatos da vida, mas sempre caminharemos como se fossemos bebês... totalmente desprovidos de experiência  com o inusitado. Isso é fato... e isso nos leva e olhar para nosso umbigo novamente... e  nos momentos solitários, aqueles momentos que estamos totalmente ensimesmados... ainda sentimos a dor do cordão umbilical. 
É mais fácil sair caminhando pela vida, achando que nos bastamos, caindo, levantando, quebrando a cara e voltando ao nosso interior para  uma próxima etapa.
Com o passar do tempo caminhamos por algumas estradas, com mais cautela, mas o inesperado será e é inevitável.
Não sou perfeita, nem quero... aliás deve ser uma chatice se sentir perfeito! tédio total... mas eu como todas as pessoas dou defeito, choro, xingo, amo, odeio, falo o que não quero, me arrependo... mas faço muita coisa legal e muita coisa que quero também.
Não nos bastamos, não devemos acreditar em tudo sem questionar, mesmo que não falemos a ninguém, mas questionamentos sobre a vida, poderá iluminar nossas mentes as vezes tão pequenas, tão fechadas em seu próprio mundo... preocupadas em demasia nesse egoísmo existencial... sem dar oportunidade na verdade para si mesmo em dividir sentimentos legais que temos em nossa alma e coração,  fechando a ferida desse umbigo e levando o excesso de um amor estagnado para o movimento, a troca e assim essa energia poderá se movimentar e logicamente a vida nos favorecerá... porque nem tudo é resto, nem tudo é só um foco... viver em harmonia com o amor próprio fará realmente uma grande transformação em nossas vidas.

kisses...bye...bye

Eli 

Um blog onde se fala de tudo...

Meu outro Blog

Meu outro Blog
Conexão Mística

Curta a minha página ELTON JOHN FOREVER!!! no Facebook

Discordância sexual ou diversidade emocional?

Discordância sexual ou diversidade emocional?
Não necessariamente nesta ordem...

Minha verdade

Photobucket O veneno da minha verdade... escorre pela minha alma como um ácido... me fazendo prisioneira dos meus sentimentos... das suas verdades... morrendo a cada dia pela incerteza de uma salvação... O veneno da minha verdade escorrendo... sempre... sempre... Dor infinita... no meu coração! Eli