Pages

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Espera da vida

Passamos a vida a espera de mudanças, passamos a vida achando que tudo um dia será melhor. Fazemos o melhor também e mesmo fazendo a gente continua a espera daquele melhor dentro do que fizemos... e assim vamos seguindo a vida, sem saber onde tudo isso acabará.
Sabe,  de vez em quando eu canso e não estou dramatizando nada neste momento, como disse no post passado em Dramatizar, não mesmo! Eu sou uma eterna pensadora, fico filosofando muito sobre tudo e todos... e talvez seja por isso que acabo me isolando muitas vezes das pessoas, da vida de um modo geral. Ao mesmo tempo, sinto muita vida dentro de mim e tenho muita vontade de viver intensamente, sinto muita saudades de minha vida... de muitas coisas que aconteceram, saudades..... saudade.... sem fim....
Acho legal, que pessoas como eu...que procuram o porque de tudo,  arrumem válvulas de escape para sentir-se melhor... A minha válvula de escape é a música e a escrita, por isso que tenho o meu espaço aqui e acredito que talvez possa ajudar indiretamente algumas pessoas.
Não sou do tipo de pessoa conformista, acho que ninguém deve ser, devemos procurar o melhor sempre, fazer o que sentimos, falar o que temos vontade e sem medos.... porque senão nada vale a pena na verdade.
 E mesmo em meio a tudo isso, sempre estaremos a espera de algo, de mudanças que farão parte da realidade naquele instante...pois é... para mim significa que nunca estaremos totalmente satisfeitos em relação a tudo. 
 O importante disso tudo é compreendermos a vida no seu todo e por mais difícil que tudo seja ou complicado, não esquecer que amanhã existe para todos... sempre e não esquecer de curtir o momento!

 bye...bye
   
 Eli


Um blog onde se fala de tudo...

Meu outro Blog

Meu outro Blog
Conexão Mística

Curta a minha página ELTON JOHN FOREVER!!! no Facebook

Discordância sexual ou diversidade emocional?

Discordância sexual ou diversidade emocional?
Não necessariamente nesta ordem...

Minha verdade

Photobucket O veneno da minha verdade... escorre pela minha alma como um ácido... me fazendo prisioneira dos meus sentimentos... das suas verdades... morrendo a cada dia pela incerteza de uma salvação... O veneno da minha verdade escorrendo... sempre... sempre... Dor infinita... no meu coração! Eli