Pages

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Paul McCartney

Passei a semana inteira vivendo um sonho... porque eu vi Paul McCartney pela terceira vez na minha vida!

Um sonho de menina, adolescente...

Hoje um sonho vivido por uma mulher que ainda leva em seu coração a menina, a adolescente que ouvia, se encantava com uma Banda dos anos 60, chamada The Beatles.

Sou assim, uma mulher menina, adolescente... uma mulher sonhadora, mas ao mesmo tempo ciente da sua realidade de vida... mas me dou o direito de sonhar, amar, viver...

Ver e ouvir Paul McCartney, significa não só retroceder num tempo, mas sim ter a certeza de que um sonho vivido, um som ouvido recheado de ilusões, de amor jamais deixará de fazer parte de nossas vidas! de nossas mentes...

Ver Paul é libertar nossos sonhos, se libertar da aspereza de momentos de vida... ver e ouvir Paul McCartney ao vivo... pela terceira vez, foi um privilégio que permanecerá para sempre!

Essa semana... vivi um sonho real... essa semana cantei, dancei, chorei músicas da minha vida! É realmente indescritível, porque mesmo sem que a gente queira, nossa vida vem com toda força... e o que resta fazer? nada... é deixar e viver o sentimento, porque isso para mim se chama felicidade... e vivemos apenas de momentos felizes em nossas vidas e recordações que levaremos em nossos corações para sempre.

E assim passou uma estrela em nossas vidas...Paul McCartney.
 
Kisses... bye.. bye
 
Eli

sábado, 20 de novembro de 2010

Imagem de nós mesmos

Nós somos aquilo que queremos ser... e não aquilo que refletimos para nós mesmos! Temos uma opinião formada sobre nossa imagem aos olhos das pessoas, distorcemos muitas vezes, ou melhor dizendo na maioria das vezes. Sim somos aquilo que queremos ser... mas não aquilo que refletimos para nós... Sendo isso inconsciente de nossa parte!
Estou discorrendo sobre isso, porque fico refletindo as vezes sobre a questão. Um exemplo radical disso, são as pessoas que tem problemas de ordem alimentar. Elas se vêem gordas sempre e na verdade.. na verdade mesmo... nada disso existe. Não me tiro dessa situação, não tenho problemas alimentares...rs... mas tanto eu, como muitas mulheres se acham gordas e fecham a boca e não ficamos nada bem até chegar onde achamos que seria o ideal...e enquanto isso, nossa imagem é de uma pessoa magra dentro dos padrões que a sociedade impôs nas mentes pensantes de todos nós, mas nem sempre aos nossos olhos....
Esse foi um exemplo radical mesmo, mas quero dizer que podemos mudar sempre, não somos como nos vemos e sim somos aquilo que imaginamos ser... e assim tantas encucações se formam em nossas mentes, acompanham desnecessariamente nossas vidas, muita vezes atrapalhando nossa caminhada, nossa vida em todos os sentidos, pois nos colocamos de forma negativa em relação a vida, sendo que o importante, é ter garra, força, dar um UP UP sempre sempre... por pior que tudo pareça, que tudo seja dentro do limite de nossas realidades inconscientes.
Como aqui é um monólogo que resolvi fazer de minha vida, de meus pensamentos e tal, escrevo sempre com o intuito de tentar melhorar o meu jeito de ser, de encarar a vida ( e talvez de outras pessoas).... Não sou perfeita, imagina... quem é perfeito? não existe isso... nem sou a dona da verdade... digamos que sou uma inconsciente consciente da existência dos fatos...e uma eterna sofredora por não conseguir e sentir as minhas falhas como mulher, como ser humano em todos os setores de minha vida. E quantas vezes... percebi isso... e sofri calada com isso tudo, pois construi em mim uma imagem de uma pessoa tímida ao extremo, introvertida e sinto, vejo, sei muitas vezes com os olhos da alma... e não consigo expressar! Estão vendo como somos aquilo que queremos ser? E quantas pessoas me olham e acham e sentem outra coisa... mas enfim... todos nós temos nosso lado negativo e positivo...
A vida muitas vezes nos mostra, nos faz coisas que machuca muito sabe e assim lançamos nosso mecanismo de defesa e nos sentimos, nos achamos parcialmente felizes dessa forma... que assim seja! Mas não deixar o negativo dominar jamais...

kisses...bye...bye

Eli

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Saber viver


Nunca esperem nada de ninguém, porque a dor enfraquece, machuca, magoa.
Nossa tendência quando estamos bem com alguém ou amigos é acreditar verdadeiramente, e nessas horas perdemos todas as defesas e assim ficamos muito vulneráveis a qualquer atitude, qualquer palavra, qualquer situação que seja mal colocada.
Dou exemplo por mim, sou extremamente sensível e tão vulnerável e assim sinto o acontecido e nesses momentos que eu paro verdadeiramente para raciocinar onde estou errando,como devo proceder em diante, porque tudo que acontece em nossas vidas são situações que nós permitimos, mesmo que seja inconscientemente.
Queremos ser amados com certeza, queridos por outros, mas acima de tudo está o nosso amor próprio.
Então o segredo do bem estar não está no outro e sim em nós, porque ninguém e nada pode ir contra nossa essência de forma que nos machuque. Então, não devemos permitir mais... e sim viver em harmonia com a vida, com o todo.

kisses... bye.. bye


Eli





segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Espera da vida

Passamos a vida a espera de mudanças, passamos a vida achando que tudo um dia será melhor. Fazemos o melhor também e mesmo fazendo a gente continua a espera daquele melhor dentro do que fizemos... e assim vamos seguindo a vida, sem saber onde tudo isso acabará.
Sabe,  de vez em quando eu canso e não estou dramatizando nada neste momento, como disse no post passado em Dramatizar, não mesmo! Eu sou uma eterna pensadora, fico filosofando muito sobre tudo e todos... e talvez seja por isso que acabo me isolando muitas vezes das pessoas, da vida de um modo geral. Ao mesmo tempo, sinto muita vida dentro de mim e tenho muita vontade de viver intensamente, sinto muita saudades de minha vida... de muitas coisas que aconteceram, saudades..... saudade.... sem fim....
Acho legal, que pessoas como eu...que procuram o porque de tudo,  arrumem válvulas de escape para sentir-se melhor... A minha válvula de escape é a música e a escrita, por isso que tenho o meu espaço aqui e acredito que talvez possa ajudar indiretamente algumas pessoas.
Não sou do tipo de pessoa conformista, acho que ninguém deve ser, devemos procurar o melhor sempre, fazer o que sentimos, falar o que temos vontade e sem medos.... porque senão nada vale a pena na verdade.
 E mesmo em meio a tudo isso, sempre estaremos a espera de algo, de mudanças que farão parte da realidade naquele instante...pois é... para mim significa que nunca estaremos totalmente satisfeitos em relação a tudo. 
 O importante disso tudo é compreendermos a vida no seu todo e por mais difícil que tudo seja ou complicado, não esquecer que amanhã existe para todos... sempre e não esquecer de curtir o momento!

 bye...bye
   
 Eli

Dramatizar

Para que simplificar se você pode complicar? sim...tenho essa tendência a dramatização sim, eu confesso, eu assumo e assino! Agora, quero deixar somente  uma pergunta, mas quem não tem ou nunca teve? mente, quem disser que não...
Essa tendência faz parte da minha natureza, mas ao mesmo tempo que pareço e transpareço uma pessoa dramática em algumas situações e até na escrita, eu tenho muito senso de humor, mais do que possam imaginar.
Dentro dessa minha pseudo-dramatização, algumas vezes, apenas algumas, me divirto um pouco com isso... mas não tenho maldade em absolutamente nada, apenas me divirto com a vida em alguns aspectos sim.
Tenho muitas poesias, pensamentos escritos e guardados e a maioria deles não consigo escrever com um sentindo de leveza da vida, isso pode-se perceber em alguns que eu postei aqui no Monólogo. Isso é minha essência, sou eu, sou assim e pronto, não tem explicação e curto isso!
Dramatizar, sem causar...dramatizar, pois sinto a vida não tão leve assim... mas não carrego isso em mim... só as vezes...rs...

kisses... bye.... bye

Eli

Lágrimas

Lágrimas escorrem em minha alma...

E minha transparência

em relação ao sentido da vida...

se corroe...

Deixando marcas profundas...

Cicatrizes feitas e desfeitas...

Lágrimas escorrem nos olhos de minha alma...

Infinita dor...

Infinito sofrimento...

Mascarando esse sentimento

com o nome de solidão

Lágrimas escorrem em mim...

Não sei como fazer isso parar...

Não sei...

Minha alma chora, clama por ajuda...

Mas os meios são em vão...

Lágrimas secam...

Mascarando mais uma vez

Esperando na verdade...

A vida passar...

e por fim ...

um dia acabar.
 
Eli


domingo, 14 de novembro de 2010

Vivemos em tempos diferentes

Meu tempo é diferente do seu... nossos tempos diferem totalmente, isso é fato! Isso tudo faz parte de um pacote das diferenças entre todos nós... é complicado sim, não vou eu querer falar aqui que isso depende, não é bem assim, sei lá se de repente amanhã eu acordar do outro lado da cama isso pode ter um significado profundo dentro do misticismo e assim pode ser que os tempos fiquem numa determinada faixa em harmonia com a constelação astral....e blá, blá, blá.... baahhh!!!! esqueçam disso! Existe somente uma realidade, nossos tempos se diferem, pois somos pessoas diferentes óbvio...
Ser humano é complicado?complicadíssimo... ser humano é estranho as vezes?estranhíssimo... e eu me coloco a frente das estranhezas.... sim.... pois sou uma pessoa diferente do convencional, me considero e me sinto assim.
Sou uma sonhadora? sou.... tenho os pés no chão? sei lá... quantas vezes escrevi aqui sobre sonhos, razão, emoção, querendo ser racional... quando na verdade não era nada disso que sentia.... Estou sendo falsa? não... jamais... escrevo o que sinto, o que acho que é o certo e não necessariamente dentro do tempo que estou vivendo...
E por esta razão, vivemos em tempos diferentes sim... e viva a diversidade! viva as diferenças! pois são elas que nos atraem, que nos fazem algumas vezes viver no mesmo tempo, mesmo que seja por poucos minutos... assim é a vida, assim são as pessoas, assim somos todos nós!

kisses...

Eli

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Reaprender sempre com a vida!

Sou uma pessoa ansiosa de natureza, quero na maioria das vezes e a maioria das coisas em minha vida que tudo aconteça já, que seja rápido, que não devia ser como é... por que tem que ser assim? por que demora tanto? por que tenho que passar por isso? por que me sinto retrocedendo no tempo?
Pois bem, esse ano estou reaprendendo a viver, tendo um estudo aprofundado sobre a teoria da paciência em minha vida!
Não quero dizer que isso seja algo negativo em sua totalidade, mas digamos que me faz um pouco aflita as vezes, pois me sinto sem controle da vida na minha vida... acho que talvez essa seja uma definição interessante em relação a esse sentimento, essa sensação. Mas justamente por ser esse ser em constante revolução, tenha que me dedicar, me focar, entender o porque tem que ser assim, o porque isso foi colocado em minha vida.
Eu não sou uma pessoa que penso o que penso e pronto... apesar de ter várias indagações sobre a vida, seus acontecimentos em geral... eu tento sempre reaprender a andar, tento mudar o foco através de outro ângulo. Bem...isso é fácil? nem sempre é... mas pode ser mais suave se estamos realmente com vontade de olhar diferente, entender esse lado, compreender que nem tudo é como a gente quer, nem tudo é como a gente sonha, mas com certeza pode se tornar um grande sonho ou o melhor de toda nossa vida... basta estarmos abertos para mudanças... e mesmo com toda minha ansiedade de viver, tenho discernimento e consciência dos fatos.
Acredito que a maioria das pessoas são assim, queremos o que achamos certo pois sentimos diferente, somos pessoas com expectativas, aprendizados, vivências diferenciadas... mas o legal é ter consciência real disso, assim como estou escrevendo aqui e assim podemos fazer a diferença em nossas vidas e nas vidas de outras pessoas seja em qualquer segmento, profissional, amoroso, havendo harmonia entre a razão e emoção e eu tento aprender em tudo isso, pois sou muito mais emocional e não é fácil ser assim, talvez a maioria das mulheres sejam.

kisses...bye..bye

Eli

domingo, 7 de novembro de 2010

Pensamentos

Pensamentos invadem minha alma...
Pulsando seu nome pela minha pele...
Sentindo seu toque...
Sentindo seus beijos...
Seu corpo junto ao meu...
Pensamentos invadem minha vida...
Sem pedir licença...
Sem ter controle...
Como uma música interminável...
em minha mente...
E eu absorvo...
cada energia sentida...
evocada...
sentida...
misteriosamente desabrochando
na cicatriz de minha alma...
ELI

Lua mística

Silenciosamente ela se aproxima...
As vezes tímida...
não exibindo sua beleza e magia
 Dona do céu...
Dona da noite...
Se fazendo iluminada
bela...
misteriosa...
Silenciosamente torna-se resplandescente
As vezes nos levando as lágrimas...
Por uma nostalgia...
Pela sua beleza...
E assim silenciosamente...
me rendo aos seu pés...
me deixando levar pela força de seu poder...
Deixando renascer a força da Deusa que existe em minha alma...

Eli

sábado, 6 de novembro de 2010

A insônia da minha cachorra!

Insônia não faz parte apenas da realidade de nós seres humanos... posso garantir a todos!!! Minha cachorra, na foto acima...rs... tem andado um tanto quanto estranha durante as noites. Não dorme na cama, não consegue dormir no chão, nem no sofá, nem em nenhum lugar!!! Tudo bem... entendi que ela está com insônia daqueelas... ok ela tem todo o direito.. assim como todos! Mas se fosse uma insônia que deixasse a gente dormir, seria um problema absolutamente dela com ela mesma!!! rs Mas não é bem assim... ela chama para fazer seu xixi, temos que andar junto, lógico que ela não quer fazer xixi nenhum!!! E assim fica ela, andando feito um zumbi desajeitado, olhando para a gente com cara de piedade e eu fecho a porta do meu quarto... mas ai ouço ela respirando atrás da porta, chorando um pouquinho, raspando a patinha....e assim... ficamos com uma insônia geral... nós e a cachorra! Se vou até a sala, achando que ela está adormecida... do nada la vem ela andando com aquela cara de piedade, devagar feito um fantasminha na madrugada... poxa... isso da uma aflição rs... eu saio de perto, corro até meu quarto, fecho a porta...rs na tentativa, muitas vezes em vão, de faze-la dormir mesmo!
Então estou contando essa história porque é real e acredito que muita gente que tem cachorro devem ter alguns probleminhas parecidos... Não sei o que fazer na verdade... vamos ver essa noite como será! Será que é depressão canina? estresse? rs  permanece essa incógnita...

kisses... my dears.... fui

Eli


Um blog onde se fala de tudo...

Meu outro Blog

Meu outro Blog
Conexão Mística

Curta a minha página ELTON JOHN FOREVER!!! no Facebook

Discordância sexual ou diversidade emocional?

Discordância sexual ou diversidade emocional?
Não necessariamente nesta ordem...

Minha verdade

Photobucket O veneno da minha verdade... escorre pela minha alma como um ácido... me fazendo prisioneira dos meus sentimentos... das suas verdades... morrendo a cada dia pela incerteza de uma salvação... O veneno da minha verdade escorrendo... sempre... sempre... Dor infinita... no meu coração! Eli