Pages

domingo, 24 de outubro de 2010

Sonhar é preciso

Quando eu falo em sonhos, não estou falando em sonhos apenas quando estamos dormindo, mas os sonhos de nossas vidas...os sonhos sobre a vida.
Sonhar é necessário sempre mas desde que saibamos continuar com os pés no chão e não deixar nossos sonhos se transformarem em nossos pesadelos.
Sonhos existem para aliviar nossas vidas, nosso coração, nossa alma das feridas, que a realidade pode nos fazer, feridas nem sempre latentes... mas em alguns momentos nos pegam de jeito e temos que saber como lidar com esse machucado da alma.
Como fazer para sonhar?
Pode ser a hora que você quiser, como quiser, quando quiser...
Sonhar é necessario, sonhar é de graça e nos fortalece.
Entao faca assim:
Sua vida esta muito dificil? ok... de muitas pessoas também nao é facil...
Entre em contato com você mesmo, coloque a música que quiser... pode ser a dos seus sonhos, aquela que te encantou durante sua vida, do seu cantor que ainda te encanta... feche os olhos e deixe se levar pelo som e se eleve... não tenha vergonha de si, não tenha vergonha de se entregar... faça essa viagem... dentro de você, de sua vida ou viva o que não existe, o que realmente quer, sonhe com o impossível e faça se tornar realidade neste instante...
Tudo existe, tudo é real, seus pensamentos fazem parte de você, portanto seus sonhos são reais, eles vivem latentes... sinta-os...sempre que achar, quiser... Somos donos de nós mesmos e quanto a isso ninguém pode nos deter!
Pode parecer estranho isso tudo para algumas pessoas, mas para mim dá certo quando não estou tão bem quanto eu gostaria, volto em mim mais leve para continuar o dia a dia.
 
kisses... bye... bye
 
Eli

Um blog onde se fala de tudo...

Meu outro Blog

Meu outro Blog
Conexão Mística

Curta a minha página ELTON JOHN FOREVER!!! no Facebook

Discordância sexual ou diversidade emocional?

Discordância sexual ou diversidade emocional?
Não necessariamente nesta ordem...

Minha verdade

Photobucket O veneno da minha verdade... escorre pela minha alma como um ácido... me fazendo prisioneira dos meus sentimentos... das suas verdades... morrendo a cada dia pela incerteza de uma salvação... O veneno da minha verdade escorrendo... sempre... sempre... Dor infinita... no meu coração! Eli