Pages

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Minha culpa... minha máxima culpa

O que fazer quando a gente se arrepende de uma atitude que tivemos por uma impulsividade de forma errônea? aah.. isso fica em nossos pensamentos o tempo todo e enquanto a gente não resolver ou enquanto a vítima não se manifestar... nada... mas nada será aliviado. Pois é... quantas vezes fazemos coisas nesse sentindo, sem pensar em nossas vidas?  inúmeras vezes, não é?  e ai passa um bom tempo e achamos que aprendemos, que não faremos mais "merdas"(desculpem...) desse tipo....e de repente olha ai... voltamos a estaca zero.
Eu podia falar que faz parte da vida, é assim mesmo, são situações que nos fazem crescer como seres humanos... blá, blá, blá... e blá, blá, blá... mas a verdade é que realmente é tudo isso sim... mas peloamore... eu não aguento quando faço isso!! e eu fiz... eu fiz... eu fiz...rsrs... sim.. minha culpa, minha máxima culpa... Lógico que estou tentando... mas sabe-se lá... e isso me mata aos poucos... mas não é assim para vocês? a gente tem vontade de resolver para ontem... principalmente quando são coisas ligadas a interesses pessoais, passionais...carnais..rs.. ok... essa é a realidade.
Estou escrevendo para na verdade me desabafar, pois fiz algo que me arrependo, não vou comentar aqui o que é, mas esse feriado por conta disso... ficou interminável... eu quero ver a resposta, sou mulher, sou curiosa e estou interessada, pronto.. é isso rs
Bem.... então o que me resta fazer neste longo dia com tantas inatividades entediantes... é entrar em coma para logo vir um novo amanhecer...

kisses... bye... bye

Eli

Um blog onde se fala de tudo...

Meu outro Blog

Meu outro Blog
Conexão Mística

Curta a minha página ELTON JOHN FOREVER!!! no Facebook

Discordância sexual ou diversidade emocional?

Discordância sexual ou diversidade emocional?
Não necessariamente nesta ordem...

Minha verdade

Photobucket O veneno da minha verdade... escorre pela minha alma como um ácido... me fazendo prisioneira dos meus sentimentos... das suas verdades... morrendo a cada dia pela incerteza de uma salvação... O veneno da minha verdade escorrendo... sempre... sempre... Dor infinita... no meu coração! Eli