Pages

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Meu aniversário!

Dia 18 de fevereiro foi meu aniversário...bem, não havia dormido bem na noite anterior, mas não porque sai nem nada... porque não estava tão bem para um aniversário. Acordei pensando como eu faria para melhorar minha cara mais que amassada... ok... dei um pequeno jeito... sai  e tive que ir trabalhar, não tem como... preciso, é minha vida e ninguém vive sem trabalho também. Peguei o metrô fui andando e pensando que esse é o terceiro ano consecutivo que fico triste no meu aniversário, que algo acontece, que me fazem chorar.... não quero mais isso sabe... são situações diversas... a cada ano... e esse não foi diferente, virou trauma rs. Eu pensando tudo isso preocupada como ia encarar os abraços, beijos, parabéns.... e assim cheguei no meu trabalho e fui recebida com tanto carinho por todos... sem exceção que me deu um UP maravilhoso... mesmo assim tava difícil... encarei o dia bravamente... e as 16:00 horas pensei...e agora? pois é...vão cantar parabéns pra mim e eu vou desabar totalmente... mas sabe para meu espanto... me chamaram, ganhei um bolo, refrigerante, um cartão lindo com carinho de todos... cantaram parabéns e ainda apaguei velinha rs... e poxa... foi ÓTIMO!!! foi um momento de uma energia tão boa, tão doce e eu fiquei firme e forte amando aquilo sabe.... E fui para minha casa, ri, chorei, chorei, ri...rs recebi vários telefonemas.... e consegui passar mais um aniversário... não tão feliz como pensei que seria.... mas com o carinho de pessoas que jamais imaginei! Agradeço a todos pelo carinho, aos meus amigos que me amam...valeu! obrigada mesmo! Hoje paro por aqui... volto amanhã ou depois....

kisses...bye... bye

Eli

Um blog onde se fala de tudo...

Meu outro Blog

Meu outro Blog
Conexão Mística

Curta a minha página ELTON JOHN FOREVER!!! no Facebook

Discordância sexual ou diversidade emocional?

Discordância sexual ou diversidade emocional?
Não necessariamente nesta ordem...

Minha verdade

Photobucket O veneno da minha verdade... escorre pela minha alma como um ácido... me fazendo prisioneira dos meus sentimentos... das suas verdades... morrendo a cada dia pela incerteza de uma salvação... O veneno da minha verdade escorrendo... sempre... sempre... Dor infinita... no meu coração! Eli