Pages

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Desabafo total

Você já teve a sensação de que você é platéia da sua própria vida? Eu tenho essa sensação que não sou nem atriz coadjuvante em muitas cenas de minha vida... e assim sinto que olho ela passar pela janela, as casas envelhecendo, prédios sendo contruídos, carros modernizados... mas e eu? me vejo no mesmo lugar, tentando mudar os objetos de lugar para salvar a minha sanidade...
Não estou mal não... mas como sempre estava refletindo sobre minha vida e vou me abrir aqui agora... passei quase toda minha vida extremamente complexada, mil neuras passando pela minha cabeça, minha infância sofri com palavras de crianças maldosas e isso levei durante toda minha vida dentro de mim e eu não conseguia me abrir com os meus pais, que sempre me amaram tanto, por vergonha, isso tinha vergonha...  e hoje eu tenho consciência e maturidade para falar sobre o assunto. Consciência pois afirmo que 50% de minha vida não deu certo por causa desses traumas que levei, pela adolescência, juventude.... Isso me tornou uma pessoa insegura, medrosa, confusa, não conseguindo acreditar que alguem podia me amar e assim me maltratei sem saber. Lógico que sendo complexada não consegui ficar com pessoas que amei, pois não tinha força para me levantar a partir do momento que levasse um NÃO! Isso me fez uma pessoa imatura, insegura para enfrentar a vida de frente mesmo... e assim nem profissionalmente consegui me realizar. A vida impôs forçosamente uma atitude minha e assim sai para trabalhar. Faculdade? não... não consegui terminar... porque um dia desmaiei e fiquei com vergonha de voltar para lá e assim abandonei... o curso da minha vida.... essa é realidade. Não tive mais condições de voltar...
Hoje sou consciente de tudo isso, tenho maturidade para falar sobre isso ... mas levo dentro de mim um pouco dessa insegurança insistente, esse não acreditar que alguém pode me amar... pois nunca consegui ficar com os homens que eu amei de verdade.... Podia ser uma mulher 100% feliz profissionalmente, mas por conta de tanta história não trabalhada, não resolvida... ainda engatinho...
Não sei se devia falar isso tudo aqui, mas deixo claro que sou feliz sim, pois sou consciente disso tudo, arrumo forças pra tudo ainda que continua caminhando contra e sou uma guerreira por conta disso tudo!
Deixo isso aqui registrado, para que vocês pais, fiquem sempre atentos aos seus filhos, aos seus problemas por menores que possam parecer, pois eles podem ser os monstros de uma vida! Façam parte sempre da vida deles, conheçam seus coleguinhas e procure conversar sempre... isso é sério!
Hoje estou realmente engatinhando, mas aprendi a me amar, mesmo não sendo amada, digo por um homem que eu amasse... mesmo sem ter concluído minha faculdade, mesmo não trabalhando dentro do que eu sonhei... porque a vida é assim.... a gente vai aprendendo a cada dia e nunca é tarde para perceber e tentar ser feliz com a sua descoberta e assim cada dia é um dia vencido, vivido e acima de tudo amado!

kisses... bye!

Eli

Um blog onde se fala de tudo...

Meu outro Blog

Meu outro Blog
Conexão Mística

Curta a minha página ELTON JOHN FOREVER!!! no Facebook

Discordância sexual ou diversidade emocional?

Discordância sexual ou diversidade emocional?
Não necessariamente nesta ordem...

Minha verdade

Photobucket O veneno da minha verdade... escorre pela minha alma como um ácido... me fazendo prisioneira dos meus sentimentos... das suas verdades... morrendo a cada dia pela incerteza de uma salvação... O veneno da minha verdade escorrendo... sempre... sempre... Dor infinita... no meu coração! Eli