Pages

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Xiii.. dei defeito


Olá cabeças pensantes...Pois é, na vida fazemos tantas coisas, pensamos tanto... tanto... que acabamos com defeito... é minha gente!! dá defeito sim, to eu aqui que não vou desmentir!  Sabe aqueles dias que a gente acorda legal, disposta, sai com tudo... e pensa aahh hoje eu vou aguentar tudo, vou fazer tudo no trabalho, quero me superar! De repente... ops...o telefone toca, você atende e no momento que transfere a ligação toda empenhada, fazendo várias coisas ao mesmo tempo... você transfere e na hora de falar o nome da pessoa... quem fala? Sr. huuuuummmm aaahhh... opaaa.....deu defeito!! cadê o nome? pois... é.... e nem foi o papai noel que comeu rsrs...
Quando pequenas coisas começam a acontecer no dia a dia... pequenos esquecimentos... tipo desligar computador e achar q não desligou ... e assim vai... pense...somente numa coisa... ta na hora de desacelerar... Não adianta você meu amigo querer ser o Super Homem e você minha amiga a Mulher Maravilha... pra começo de conversa... eles nem existem pow!! rs Isso é uma invenção louca da cabeça louca dos homens.... D-E-S-A-C-E-L-E-R-E
Ninguém pode voar...ninguém pode carregar um helicóptero no ar... e ninguém troca de roupa na velocidade da luz e pior... dentro de uma cabine telefônica?!!! rsrs Lógico que a gente tem que buscar o melhor de nós...porque todos nós somos UMA METAMORFOSE AMBULANTE, como já dizia Raul Seixas... mas se somos uma metamorfose ambulante, então podemos mudar a hora que for necessário e as vezes as mudanças são prioridade para uma melhor qualidade de vida. Comece 2010 com outra energia...
D-E-S-A-C-E-L-E-R-E

kisses...bye...bye

Eli

Um blog onde se fala de tudo...

Meu outro Blog

Meu outro Blog
Conexão Mística

Curta a minha página ELTON JOHN FOREVER!!! no Facebook

Discordância sexual ou diversidade emocional?

Discordância sexual ou diversidade emocional?
Não necessariamente nesta ordem...

Minha verdade

Photobucket O veneno da minha verdade... escorre pela minha alma como um ácido... me fazendo prisioneira dos meus sentimentos... das suas verdades... morrendo a cada dia pela incerteza de uma salvação... O veneno da minha verdade escorrendo... sempre... sempre... Dor infinita... no meu coração! Eli