Pages

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Noite de uma blogueira paulistana... EU!

São 3 e meia da manhã... insônia? não... dormi muito a noite passada e sendo assim estou aqui passando alguns momentos solitários com o meu computador, olhando a noite pela janela em alguns momentos, não vou ver sempre... porque estou arrastando um cobertor rsrs de tanto frio que sinto... sim.... sou muito friorenta... e viver aqui em São Paulo é um sentir frio eterno de uns meses para cá. Mas então prefiro ficar sentadinha aqui com um papo comigo mesma, como sempre... em frente a essa telinha tão viva ou mais viva que uma pessoa... e assim ela camufla meus momentos de solidão, fazendo com que eu sinta que não estou só... não que eu não goste... gosto, mas eu me pergunto esse gostar não seria uma invenção para poder me sentir melhor? siim... pode ser sim se considerar por esse aspecto... mas de qualquer forma, amo a madrugada, a solidão noturna, o silêncio que deixa de ser tão inebriante pois fico sempre com algum som rolando... e nesse instante para ficar mais gostoso, estou ouvindo algo super lento... bem... vocês devem estar se perguntando, por que ela esta escrevendo tudo isso que na verdade não deixa de ser tão normal, tão natural, tão rotineiro, para um final de semana e para quem ama a noite... bem eu respondo...sou intensa mas amena... sou alegre e sou triste... e autêntica e tenho vontades, como qualquer um de vocês e a minha vontade neste instante é falar sobre isso... e estou descrevendo de acordo com o clima que estou sentindo em minha volta, de acordo com os meus sentimentos, pensamentos... na verdade deixando rolar sem se preocupar com o certo e o errado... e entre um cochilo e um café... me despeço da noite... e estou indo dormir...

kisses... bye.... bye

Eli

Um blog onde se fala de tudo...

Meu outro Blog

Meu outro Blog
Conexão Mística

Curta a minha página ELTON JOHN FOREVER!!! no Facebook

Discordância sexual ou diversidade emocional?

Discordância sexual ou diversidade emocional?
Não necessariamente nesta ordem...

Minha verdade

Photobucket O veneno da minha verdade... escorre pela minha alma como um ácido... me fazendo prisioneira dos meus sentimentos... das suas verdades... morrendo a cada dia pela incerteza de uma salvação... O veneno da minha verdade escorrendo... sempre... sempre... Dor infinita... no meu coração! Eli