Pages

sábado, 5 de setembro de 2009

Poema: Último sopro de amor

Ecoa pelo silêncio da noite

O resto de amor que ficou por você...
A ferida do meu coração...
O machucado que ficou em minha alma...hoje... sangrou...
E a música ecoa em meus pensamentos...
A música do tempo...
que me leva através do vento
por alguns segundos
reviver esse amor rasgado...
Ecoa pelo silêncio da madrugada
o último sopro...
do amor que restou em mim... por você
E assim... um amor...se foi...

 
Eli

Um blog onde se fala de tudo...

Meu outro Blog

Meu outro Blog
Conexão Mística

Curta a minha página ELTON JOHN FOREVER!!! no Facebook

Discordância sexual ou diversidade emocional?

Discordância sexual ou diversidade emocional?
Não necessariamente nesta ordem...

Minha verdade

Photobucket O veneno da minha verdade... escorre pela minha alma como um ácido... me fazendo prisioneira dos meus sentimentos... das suas verdades... morrendo a cada dia pela incerteza de uma salvação... O veneno da minha verdade escorrendo... sempre... sempre... Dor infinita... no meu coração! Eli