Pages

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Poema: Saudade

De repente invade uma saudade em meu coração...

Saudade que se traduz em dor...
Dor do vazio que sinto em minha alma...
Dor do amor que morreu em mim...
Amor sepultado vivo em meu coração...
Ainda não consigo reter as lágrimas...
Lágrimas que escorrem através do sorriso que tento esboçar...
De repente... a nostalgia invade meu coração...
E sob a luz da madrugada
choro sem que ninguém saiba...
que sofro de amor por você!


                Eliane

Um blog onde se fala de tudo...

Meu outro Blog

Meu outro Blog
Conexão Mística

Curta a minha página ELTON JOHN FOREVER!!! no Facebook

Discordância sexual ou diversidade emocional?

Discordância sexual ou diversidade emocional?
Não necessariamente nesta ordem...

Minha verdade

Photobucket O veneno da minha verdade... escorre pela minha alma como um ácido... me fazendo prisioneira dos meus sentimentos... das suas verdades... morrendo a cada dia pela incerteza de uma salvação... O veneno da minha verdade escorrendo... sempre... sempre... Dor infinita... no meu coração! Eli